Este blog tem por objectivo ajudar a criar um mapa topográfico de Portugal para os GPS da marca Garmin. * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *Para as versões definitivas, vá a [http://sites.google.com/site/topolusitania/] * * * * * * * * * * * * * * * *Contacto:* [topolusitania"alojado no"yah00_ponto_com] *Como ajudar:* [http://sites.google.com/site/topolusitania/Home/topolusitania---como-ajudar]

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Mapas topográficos. Que densidade de curvas de nível ?




Por diversas ocasiões, tenho discutido o problema da legibilidade dos mapas nos diversos modelos de GPS da Garmin.

Os problemas situam-se nas dimensões dos ecrans, quantidade da informação gráfica que é apresentada, legibilidade (contraste nas cores/dimensões dos elementos).

Se nas dimensões dos ecrans nada se pode fazer, já nas duas outras variáveis algo pode ser feito.





Ao permitir a utilização dos TYP, a Garmin facilita o trabalho dos utilizadores, pois permite-nos mudar o aspecto gráfico dos diversos elementos, aumentando o seu contraste.

Por outro lado, sempre se pode retirar informação a um mapa topográfico, nomeadamente ao nivel das curvas de nível, diminuindo a sua densidade e permitindo uma mais fácil identificação dos caminhos/estradas/tracks gravados.

As opiniões variam, podemos dizer, em função da velocidade a que se desloca o utilizador do GPS.

Quem anda a pé quer um mapa com as curvas de nível a 10 mts e se possivel ver o desenho de cada casa individualmente. Quem se desloca em veículo de rodas (desde as bicicletas aos jipes) normalmente prefere uma melhor identificação dos caminhos em prejuizo de outras informações gráficas, incluindo as curvas de nível.

Tenho recebido diversos comentários num e noutro sentido e apesar de ter uma opinião relativamente assente sobre o assunto, resolvi fazer uma experiência no mapa mais recente - Serra da Estrela. Assim, nas figuras acima podem ver dois mapas da mesma zona onde a única coisa que varia é a densidade das curvas de nível - Num de 10 em 10 mts e no outro de 20 em 20 mts. O ficheiro gmapsupp.img que pode ser obtido no link abaixo contém os dois mapas para que cada um possa testar as duas versões na sua actividade. Ambos os mapas fazem uso do TYP que foi feito para o mapa topográfico de Espanha "TopoHispania" de SinRenkor.
O TYP foi "martelado" para português, e ainda apresenta alguns erros.

http://rapidshare.com/files/230768997/gmapsupp.img

Como bem sabem, cada mapa pode ser activado/desactivado nos vossos GPS e assim poderão tirar as vossas conclusões. Por favor não activem os dois simultaneamente - Não se esqueçam que inicialmente os dois estão activos.
Não tenho a certeza se o que afirmo acima é válido para todos os GPS da Garmin. Experimentem!
Aqui está o gmapsupp.img apenas com a Serra da Estrela na versão TYP 20 MTS
Uma outra maneira de resolver a contento de todos este problema é criar 3 IMG para cada zona, podendo cada um deles ser seleccionado separadamente.
O primeiro IMG conteria as informações de tudo o que não fosse curvas de nível, parques nacionas, parques naturais, e os dois IMG restantes conteriam as informações dos parques e seriam diferentes apenas na forma de apresentação das curvas de nivel -um com as curvas de nível de 10 em 10 mts e o outro com as curvas de nível de 20 em 20 mts ou mesmo com um intervalo maior.
Digam da vossa justiça.

Sem comentários:

Número total de visualizações de página